Luzia Fatima de Andrade Lobato
R$ 85
Pague por:
Cartão
Pix
Transferência
50 a 60min
duração da
consulta
Atende
Adultos
Casais
Idosos
Luzia F. Lobato
Luzia Fatima de Andrade Lobato
Psicóloga
CRP 06/119285
São Paulo
Ansiedade
Relacionamentos
Estresse
Conflitos Amorosos
Depressão
Casamento
Medos
Morte e Luto
Saúde Mental
Síndrome de Burnout
Síndrome do Pânico
TOC - Transtorno Obsessivo
Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG)
Análise do Comportamento / Behaviorismo
TCC- Terapia Cognitivo Comportamental
R$ 85
Pague por:
Cartão
Pix
Transferência
50 a 60min
duração da
consulta
Atende
Adultos
Casais
Idosos


FORMAÇÃO e CURSOS

A psicóloga Luzia Lobato é psicóloga clínica, possui especialização em Saúde Mental, com 6 anos de experiência na área e é Pós graduanda em TCC pela CETCC. Utiliza a abordagem Terapia Cognitiva Comportamental, que é uma abordagem específica, ágil e orientada ao problema atual do paciente, visando amenização de sofrimento psicológico e fortalecimento de recursos internos para elaboração de questões emocionais.

Com a especialização em Saúde Mental, Luzia fica apta a trabalhar com pacientes com as seguintes queixas: TOC, depressão grave e pensamentos suicidas.

Luzia trabalhou 5 anos no Hospital Militar Cruz Azul Saúde, com atendimento ambulatorial, onde aumentou sua experiência por atender diversas demandas da saúde mental.

SOBRE MIM

Olá,

Conheci o trabalho da psicologia através da música. Comecei a tocar violino com 13 anos de idade, e fui crescendo tocando em diversos lugares. Um dia fui chamada para tocar em uma instituição religiosa que cuidava de pessoas de rua, resolvi encarar o desafio e fui tocar para eles.

Enquanto eu tocava, as pessoas de rua que ali estavam sendo cuidadas, vinham até mim para pedir uma música especial, e eu como sou muito curiosa, sempre perguntava: mas por que essa música é tão especial para o (a) senhor (a)? E ali, sem perceber, eu já estava começando um trabalho terapêutico, pois cada vez que eu tocava em alguma lembrança daquelas pessoas, elas se abriam de forma transformadora, colocando para fora lembranças marcantes que a música as lembrava.

E assim, depois de tocar várias vezes, e de escutar muitas histórias marcantes, eu decidi que queria fazer psicologia, e continuar ouvindo outras histórias e ajudando a dar um fim melhor a elas. Hoje, depois de me especializar e ter trabalhado em Hospitais, clínicas e instituições sociais, eu tenho o meu próprio consultório, onde me dedico a transformar vidas.

Psicóloga Luzia F. Lobato
  Vídeo online
  Presencial
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
* Horários de Brasil/Brasília
Carregando horários...


FORMAÇÃO e CURSOS

A psicóloga Luzia Lobato é psicóloga clínica, possui especialização em Saúde Mental, com 6 anos de experiência na área e é Pós graduanda em TCC pela CETCC. Utiliza a abordagem Terapia Cognitiva Comportamental, que é uma abordagem específica, ágil e orientada ao problema atual do paciente, visando amenização de sofrimento psicológico e fortalecimento de recursos internos para elaboração de questões emocionais.

Com a especialização em Saúde Mental, Luzia fica apta a trabalhar com pacientes com as seguintes queixas: TOC, depressão grave e pensamentos suicidas.

Luzia trabalhou 5 anos no Hospital Militar Cruz Azul Saúde, com atendimento ambulatorial, onde aumentou sua experiência por atender diversas demandas da saúde mental.

SOBRE MIM

Olá,

Conheci o trabalho da psicologia através da música. Comecei a tocar violino com 13 anos de idade, e fui crescendo tocando em diversos lugares. Um dia fui chamada para tocar em uma instituição religiosa que cuidava de pessoas de rua, resolvi encarar o desafio e fui tocar para eles.

Enquanto eu tocava, as pessoas de rua que ali estavam sendo cuidadas, vinham até mim para pedir uma música especial, e eu como sou muito curiosa, sempre perguntava: mas por que essa música é tão especial para o (a) senhor (a)? E ali, sem perceber, eu já estava começando um trabalho terapêutico, pois cada vez que eu tocava em alguma lembrança daquelas pessoas, elas se abriam de forma transformadora, colocando para fora lembranças marcantes que a música as lembrava.

E assim, depois de tocar várias vezes, e de escutar muitas histórias marcantes, eu decidi que queria fazer psicologia, e continuar ouvindo outras histórias e ajudando a dar um fim melhor a elas. Hoje, depois de me especializar e ter trabalhado em Hospitais, clínicas e instituições sociais, eu tenho o meu próprio consultório, onde me dedico a transformar vidas.

Psicóloga Luzia F. Lobato