Psicólogo Roberto Hryniewicz
R$ 90
Pague por:
Cartão
Pix
Transferência
50 a 60min
duração da
consulta
Atende
Adultos
Adolescentes
Idosos
Roberto Hryniewicz
Psicólogo Roberto Hryniewicz
Psicólogo
CRP 06/165153
São Paulo
Ansiedade
Autoconhecimento
Autoestima
Compulsões
Conflitos Amorosos
Depressão
Desenvolvimento Pessoal
Estresse
Medos
Relacionamentos
Transtorno Bipolar
Transtornos de Humor
Existencialismo
Humanista / Centrada na Pessoa
Psicanálise
R$ 90
Pague por:
Cartão
Pix
Transferência
50 a 60min
duração da
consulta
Atende
Adultos
Adolescentes
Idosos

FORMAÇÃO E CURSOS

O Psicólogo Roberto Hryniewicz é formado na USP há 16 anos, é mestre em Psicologia do Desenvolvimento Humano. Com uma abordagem Psicanalítica, o seu tratamento tem como foco o inconsciente: auxiliar o paciente a encontrar a real fonte de suas angústias, ansiedades,  dos seus sofrimentos, para que possa superá-los.  

SOBRE MIM

Olá,

Meu objetivo como psicólogo é auxiliar as pessoas em suas demandas, entendo que o autoconhecimento é fundamental para auxiliar as pessoas a alcançarem o desenvolvimento em suas vidas. A partir da abordagem psicanalítica, meu tratamento tem como foco o inconsciente: auxiliar o paciente a encontrar a real fonte de suas angústias, ansiedades, enfim, dos seus sofrimentos, para que possa superá-los. 

Minha abordagem é psicanalítica, mas conforme a demanda do paciente, posso atuar com a abordagem centrada na pessoa para situações mais imediatas. Sou formado em psicologia há 16 anos. Quando ingressei na faculdade, há 21 anos, não sabia muito bem por qual motivo estava lá. Porém, no primeiro ano da faculdade, descobri uma nova paixão, estudando as mais diversas psicologias.

Começando pela análise comportamental; a teoria da evolução; genética, os fundamentos da psicologia, a psicologia centrada na pessoa e a fenomenologia. Já fiz meu primeiro estágio na Febem (atual fundação casa) – e tive contato com adolescentes dos mais variados tipos (Abordagem Centrada na Pessoa).

Nos anos seguintes estudamos neuroanatomia, neurotransmissores, farmacologia no instituto de biomedicina da USP, bem como o sono no instituto do sono da UNIFESP. Também estudamos antropologia, sociologia. A filosofia sempre aparecia em uma teoria ou outra. Estudamos as diversas teorias que estudam a epistemologia (as transformações no ser humano que lhe possibilitam o conhecimento e como esse conhecimento se dá).

Também os testes psicológicos e suas diferentes abordagens. Estudamos a psicologia social, psicologia de grupo, a orientação vocacional e a psicologia do trabalho e organizacional.

A psicanálise, claro, sempre presente desde o primeiro ano, apesar de ter escolhido ela como base para minha prática, não desconsidero as outras, mas é preciso ter um norte, um critério para atuar na clínica e auxiliar o paciente no que for necessário. Porém, de acordo com a demanda do paciente, posso me basear na Psicoterapia Breve ou na Psicoterapia Centrada na Pessoa, que são mais pontuais e, quando possível, terminam mais de forma mais rápida.

Mas não é por isso, que eu desconsidero outras teorias e abordagens, eu apenas escolhi as que me identificava mais para me dedicar e atuar. Antes disso, ao longo do curso de psicologia quis me aprofundar em diversos temas que divergem teoricamente entre si. 

Trabalhei no Laboratório de Estudos Sobre Preconceito da USP de 2003 a 2007, quando começavam a se acalorar as discussões sobre o tema no Brasil. (Abordagem Frankfurtiana e Freudiana). Lá discutíamos formas de combate ao preconceito e possibilidades para a educação inclusiva. Fui monitor com iniciação cientifica em diferentes linhas da psicologia – Psicologia Experimental (Behaviorista), Psicologia Analítica (Carl Gustav Jung), Epistemologia Genética – Teoria de como se dá o conhecimento (Jean Piaget), Psicologia Comparativa e Comportamental (Evolucionista) – Usa a teoria de Darwin para explicar o comportamento humano. 

Trabalhei no Lugar de Vida do Instituto de Psicologia da USP que atende crianças autistas e psicóticas com auxílio aos pais e com atendimentos individuais e em grupo (Abordagem psicanalítica lacaniana).

Hoje me mantenho estudando as diversas teorias da psicologia e a filosofia.

Psicólogo Roberto Hryniewicz
  Vídeo online
  Presencial
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
* Horários de Brasil/Brasília
Carregando horários...

FORMAÇÃO E CURSOS

O Psicólogo Roberto Hryniewicz é formado na USP há 16 anos, é mestre em Psicologia do Desenvolvimento Humano. Com uma abordagem Psicanalítica, o seu tratamento tem como foco o inconsciente: auxiliar o paciente a encontrar a real fonte de suas angústias, ansiedades,  dos seus sofrimentos, para que possa superá-los.  

SOBRE MIM

Olá,

Meu objetivo como psicólogo é auxiliar as pessoas em suas demandas, entendo que o autoconhecimento é fundamental para auxiliar as pessoas a alcançarem o desenvolvimento em suas vidas. A partir da abordagem psicanalítica, meu tratamento tem como foco o inconsciente: auxiliar o paciente a encontrar a real fonte de suas angústias, ansiedades, enfim, dos seus sofrimentos, para que possa superá-los. 

Minha abordagem é psicanalítica, mas conforme a demanda do paciente, posso atuar com a abordagem centrada na pessoa para situações mais imediatas. Sou formado em psicologia há 16 anos. Quando ingressei na faculdade, há 21 anos, não sabia muito bem por qual motivo estava lá. Porém, no primeiro ano da faculdade, descobri uma nova paixão, estudando as mais diversas psicologias.

Começando pela análise comportamental; a teoria da evolução; genética, os fundamentos da psicologia, a psicologia centrada na pessoa e a fenomenologia. Já fiz meu primeiro estágio na Febem (atual fundação casa) – e tive contato com adolescentes dos mais variados tipos (Abordagem Centrada na Pessoa).

Nos anos seguintes estudamos neuroanatomia, neurotransmissores, farmacologia no instituto de biomedicina da USP, bem como o sono no instituto do sono da UNIFESP. Também estudamos antropologia, sociologia. A filosofia sempre aparecia em uma teoria ou outra. Estudamos as diversas teorias que estudam a epistemologia (as transformações no ser humano que lhe possibilitam o conhecimento e como esse conhecimento se dá).

Também os testes psicológicos e suas diferentes abordagens. Estudamos a psicologia social, psicologia de grupo, a orientação vocacional e a psicologia do trabalho e organizacional.

A psicanálise, claro, sempre presente desde o primeiro ano, apesar de ter escolhido ela como base para minha prática, não desconsidero as outras, mas é preciso ter um norte, um critério para atuar na clínica e auxiliar o paciente no que for necessário. Porém, de acordo com a demanda do paciente, posso me basear na Psicoterapia Breve ou na Psicoterapia Centrada na Pessoa, que são mais pontuais e, quando possível, terminam mais de forma mais rápida.

Mas não é por isso, que eu desconsidero outras teorias e abordagens, eu apenas escolhi as que me identificava mais para me dedicar e atuar. Antes disso, ao longo do curso de psicologia quis me aprofundar em diversos temas que divergem teoricamente entre si. 

Trabalhei no Laboratório de Estudos Sobre Preconceito da USP de 2003 a 2007, quando começavam a se acalorar as discussões sobre o tema no Brasil. (Abordagem Frankfurtiana e Freudiana). Lá discutíamos formas de combate ao preconceito e possibilidades para a educação inclusiva. Fui monitor com iniciação cientifica em diferentes linhas da psicologia – Psicologia Experimental (Behaviorista), Psicologia Analítica (Carl Gustav Jung), Epistemologia Genética – Teoria de como se dá o conhecimento (Jean Piaget), Psicologia Comparativa e Comportamental (Evolucionista) – Usa a teoria de Darwin para explicar o comportamento humano. 

Trabalhei no Lugar de Vida do Instituto de Psicologia da USP que atende crianças autistas e psicóticas com auxílio aos pais e com atendimentos individuais e em grupo (Abordagem psicanalítica lacaniana).

Hoje me mantenho estudando as diversas teorias da psicologia e a filosofia.

Psicólogo Roberto Hryniewicz

Quer conhecer mais psicólogos?
Já somos mais de 600.