Psicóloga Josielle de Melo Souza
R$ 80
Pague por:
Cartão
Pix
Transferência
50 a 60min
duração da
consulta
Atende
Adultos
Adolescentes
Josielle Melo
Psicóloga Josielle de Melo Souza
Psicóloga
CRP 05/60409
Minas Gerais
Anorexia
Ansiedade
Bulimia
Compulsão Alimentar
Depressão
Distúrbios Alimentares
Psicanálise
R$ 80
Pague por:
Cartão
Pix
Transferência
50 a 60min
duração da
consulta
Atende
Adultos
Adolescentes

FORMAÇÃO E CURSOS

Josielle Melo é Psicóloga clínica, atualmente faz atendimentos on-line é Pós- Graduada em Psicologia Médica (UFMG)

Especialista em doenças psicossomáticas (As doenças psicossomáticas são causadas por problemas emocionais do indivíduo e representam a ligação direta entre a saúde emocional e a física. Ou seja, quando o sofrimento psicológico, de alguma forma, acaba causando ou agravando uma doença física).

Especialista em Transtornos Alimentares e Transtornos Mentais em geral.

Sua abordagem é a psicanálise.

Sua maior especialidade é em transtornos alimentares; como: anorexia, bulimia, compulsão alimentar. Entenda um pouco desses transtornos apresentados nos sintomas abaixo:

Você que apresenta, alguns desses sintomas:

  • Dificuldade para alimentar-se.
  • Come a maior parte do tempo, mesmo estando satisfeito (a), continua comendo até causar um desconforto e mal-estar.
  • Não consegue parar de comer, perde o controle ao ingerir os alimentos.
  • Após as refeições vêm um sentimento de culpa.
  • Faz uso de medicamento para emagrecer.
  • Faz uso de laxante, diurético para expulsar o alimento do corpo
  • Pratica exercício físico em excesso, sendo a maior parte do tempo.
  • Pratica exercício físico até lesionar (machucar) seu corpo.
  • Com frequência acompanha seu corpo, pesando para verificar seu peso.
  • Você tem o costume de medir seu corpo verificando a forma corporal.
  • Após as refeições têm práticas habituais de provocar vômitos.
  • Sente-se ansioso (a), durante o dia procurando algo para comer.
  • Não está satisfeito (a), com seu corpo.
  • Faz uso abusivo de drogas lícitas ou ilícitas.
  • Sente vergonha do seu próprio corpo.
  • Não gosta de comer perto das pessoas.
  • Tem o hábito de esconder os alimentos para que ninguém veja você comendo e ou até mesmo para falar que comeu, mas depois joga fora.
  • Conta, calorias de todos os alimentos que ingere.
  • Sente que deve adequar-se ao padrão de beleza imposto culturalmente.
  • Sente deprimida (o), a maior parte do tempo, com sentimentos de angústia e tristeza.
  • Tem pensamentos de morte.
  • Já tentou alguma vez tirar a sua vida.
  • Tem práticas habituais de se mutilar (cortando o corpo).

Esses podem ser alguns sintomas de um transtorno alimentar!

Você não está sozinha (o), busque ajuda de um profissional qualificado!

SOBRE MIM

Escolhi ser psicóloga, porque amo o que faço sinto vontade em ajudar as pessoas a lidar com seu sofrimento e transformar a vida delas. Sou dedicada no que faço, estou sempre em busca de ótimos resultados com os pacientes, tenho uma escuta humana e sempre colocando no lugar do outro, com isso, sei que com meu trabalho pode transformar vidas, tenho certeza que vou poder ajudá-los (as) em seu sofrimento psíquico, promovendo mais qualidade de vida e bem-estar.

O que me motiva é saber que o meu trabalho tem a capacidade de transformar vidas e poder ver na prática, lágrimas se transformando em sorrisos, problemas em soluções, dando sentido a vida, não somente a vida dos pacientes, mas também a minha vida, por ajudar as pessoas e perceber que elas estão bem emocionalmente e fisicamente.

Fazer as pessoas refletirem sobre o impacto do sofrimento na vida delas, pontuando falas que promovam reflexão e transformação.

Busco informar ao paciente os pontos que ele melhorou durante o tratamento, gerar confiança e credibilidade na minha conduta ética e profissional, trabalhar com eles todas as formas de engajamento, mudança nos seus hábitos que lhe tragam sofrimento, respeitando seu tempo, sem ultrapassar os limites.

Vale muito a pena ser psicóloga, porque eu vejo transformação na vida das pessoas, posso ter esperança em dias melhores junto com os pacientes e poder contribuir como pessoa e como profissional para o mundo.

Sou uma profissional disposta a ajudar meus pacientes, proporcionando bem-estar e qualidade de vida, fazer com que a saúde mental deles esteja em equilíbrio, a fim de tornar uma pessoa saudável para que eles possam enfrentar os desafios que vierem durante sua vida.

Meu maior propósito é tornar a psicologia mais acessível, humanizada e leve. É essa filosofia que quero levar para meus atendimentos.

Psicóloga Josielle Melo
  Vídeo online
  Presencial
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
* Horários de Brasil/Brasília
Carregando horários...

FORMAÇÃO E CURSOS

Josielle Melo é Psicóloga clínica, atualmente faz atendimentos on-line é Pós- Graduada em Psicologia Médica (UFMG)

Especialista em doenças psicossomáticas (As doenças psicossomáticas são causadas por problemas emocionais do indivíduo e representam a ligação direta entre a saúde emocional e a física. Ou seja, quando o sofrimento psicológico, de alguma forma, acaba causando ou agravando uma doença física).

Especialista em Transtornos Alimentares e Transtornos Mentais em geral.

Sua abordagem é a psicanálise.

Sua maior especialidade é em transtornos alimentares; como: anorexia, bulimia, compulsão alimentar. Entenda um pouco desses transtornos apresentados nos sintomas abaixo:

Você que apresenta, alguns desses sintomas:

  • Dificuldade para alimentar-se.
  • Come a maior parte do tempo, mesmo estando satisfeito (a), continua comendo até causar um desconforto e mal-estar.
  • Não consegue parar de comer, perde o controle ao ingerir os alimentos.
  • Após as refeições vêm um sentimento de culpa.
  • Faz uso de medicamento para emagrecer.
  • Faz uso de laxante, diurético para expulsar o alimento do corpo
  • Pratica exercício físico em excesso, sendo a maior parte do tempo.
  • Pratica exercício físico até lesionar (machucar) seu corpo.
  • Com frequência acompanha seu corpo, pesando para verificar seu peso.
  • Você tem o costume de medir seu corpo verificando a forma corporal.
  • Após as refeições têm práticas habituais de provocar vômitos.
  • Sente-se ansioso (a), durante o dia procurando algo para comer.
  • Não está satisfeito (a), com seu corpo.
  • Faz uso abusivo de drogas lícitas ou ilícitas.
  • Sente vergonha do seu próprio corpo.
  • Não gosta de comer perto das pessoas.
  • Tem o hábito de esconder os alimentos para que ninguém veja você comendo e ou até mesmo para falar que comeu, mas depois joga fora.
  • Conta, calorias de todos os alimentos que ingere.
  • Sente que deve adequar-se ao padrão de beleza imposto culturalmente.
  • Sente deprimida (o), a maior parte do tempo, com sentimentos de angústia e tristeza.
  • Tem pensamentos de morte.
  • Já tentou alguma vez tirar a sua vida.
  • Tem práticas habituais de se mutilar (cortando o corpo).

Esses podem ser alguns sintomas de um transtorno alimentar!

Você não está sozinha (o), busque ajuda de um profissional qualificado!

SOBRE MIM

Escolhi ser psicóloga, porque amo o que faço sinto vontade em ajudar as pessoas a lidar com seu sofrimento e transformar a vida delas. Sou dedicada no que faço, estou sempre em busca de ótimos resultados com os pacientes, tenho uma escuta humana e sempre colocando no lugar do outro, com isso, sei que com meu trabalho pode transformar vidas, tenho certeza que vou poder ajudá-los (as) em seu sofrimento psíquico, promovendo mais qualidade de vida e bem-estar.

O que me motiva é saber que o meu trabalho tem a capacidade de transformar vidas e poder ver na prática, lágrimas se transformando em sorrisos, problemas em soluções, dando sentido a vida, não somente a vida dos pacientes, mas também a minha vida, por ajudar as pessoas e perceber que elas estão bem emocionalmente e fisicamente.

Fazer as pessoas refletirem sobre o impacto do sofrimento na vida delas, pontuando falas que promovam reflexão e transformação.

Busco informar ao paciente os pontos que ele melhorou durante o tratamento, gerar confiança e credibilidade na minha conduta ética e profissional, trabalhar com eles todas as formas de engajamento, mudança nos seus hábitos que lhe tragam sofrimento, respeitando seu tempo, sem ultrapassar os limites.

Vale muito a pena ser psicóloga, porque eu vejo transformação na vida das pessoas, posso ter esperança em dias melhores junto com os pacientes e poder contribuir como pessoa e como profissional para o mundo.

Sou uma profissional disposta a ajudar meus pacientes, proporcionando bem-estar e qualidade de vida, fazer com que a saúde mental deles esteja em equilíbrio, a fim de tornar uma pessoa saudável para que eles possam enfrentar os desafios que vierem durante sua vida.

Meu maior propósito é tornar a psicologia mais acessível, humanizada e leve. É essa filosofia que quero levar para meus atendimentos.

Psicóloga Josielle Melo

Quer conhecer mais psicólogos?
Já somos mais de 600.