Psicóloga Leslie Maria Finger Roman
R$ 130
Pague por:
Cartão
Pix
Transferência
50 a 60min
duração da
consulta
Atende
Adultos
Adolescentes
Idosos
Crianças
Leslie Roman
Psicóloga Leslie Maria Finger Roman
Psicóloga
CRP 12/20226
Santa Catarina
Ansiedade
Compulsões
Dependência Química
Depressão
Esquizofrenia
Saúde Mental
Suicídio
TOC - Transtorno Obsessivo
Transtorno Bipolar
Transtorno da Personalidade Narcisista
Transtorno de Pânico ou Síndrome do Pânico
Transtorno Psicótico
Psicanálise
R$ 130
Pague por:
Cartão
Pix
Transferência
50 a 60min
duração da
consulta
Atende
Adultos
Adolescentes
Idosos
Crianças

FORMAÇÃO E CURSOS

Leslie Roman iniciou profissionalmente como Engenheira Civil, atuando principalmente como consultora nas empresas ligadas ao ramo da construção.

No entanto, ao longo de sua carreira profissional percebeu que as pessoas lhe traziam mais de seus temores e angústias do que dos assuntos técnicos que estavam na pauta.

Foi então que percebeu que através da Psicologia seria mais útil para sociedade.

Formou-se em Psicologia e atua na área clínica. Como aluna, recebeu por vários semestres consecutivos o prêmio de mérito acadêmico e foi a formanda laureada.

É psicanalista em formação no Instituto Clínico de Psicanálise de Orientação Lacaniana de Santa Catarina. Neste instituto, participa do Atelier do Autismo, do Núcleo de Pesquisa em Psicanálise Infantil e do Núcleo de Investigação Psicanalítica em Toxicomania e Alcoolismo.

Seu interesse pela saúde mental e dependência química começou desde o início da graduação quando participou de grupos de estudos e pesquisa Recovery, Sofrimento Psíquico e Cidadania. Da participação no grupo, derivaram artigos e posters apresentados em seminários.

Tem experiências em congressos, seminários e cursos principalmente nas áreas de saúde mental, dependência química e suicídio.

Atua em consultório com a abordagem Psicanalítica, atendendo crianças, adultos e idosos.

SOBRE MIM

Olá, você!!!

Permita-me que eu invada um pouco a sua intimidade e lhe pergunte se você é alguém que neste momento sente que precisa de ajuda.

Se sua resposta for positiva, você tem diagnóstico psiquiátrico? Se tiver, não se desespere, aprendi na minha experiência que é possível viver uma vida longe das internações, em pleno exercício de cidadania, dentro de um meio social outrora hostil, com o apoio multidisciplinar da psicoterapia, da psiquiatria e de outras áreas que você escolher.

Caso você não tenha diagnóstico, saiba que não é preciso ter uma doença mental para procurar um psicólogo.

Insatisfação profissional, como a que eu vivi, conflitos familiares, no trabalho, perdas pessoais, traumas podem levar a situações de ansiedade, insônia, angústia, medo, depressão que as vezes parecem não ter saída, mas podem ser superadas com tratamento adequado.

Seja qual for o seu problema, você não precisa ficar só. Procure ajuda profissional, procure um psicólogo. Para mim, será um prazer atender você.

No meu método de trabalho, cada pessoa é única, não existe um protocolo que possa ser seguido que enquadre o sujeito em um roteiro.

É importante ouvir o que o cada um tem a falar sobre si mesmo, sua história pessoal, seu sofrimento. Escutar e acolher, sem julgamento, de forma a ajudar a pessoa a elaborar seus pensamentos, seus sentimentos, seus sonhos sonhados dormindo ou acordado, e que ela possa encontrar no fundo de suas lembranças o que ela nem mesmo sabia que sabia.

Se quer saber mais sobre como podemos caminhar juntos, agende um horário!

Psicóloga Leslie Roman
  Vídeo online
  Presencial
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
DDD
dd/mm
* Horários de Brasil/Brasília
Carregando horários...

FORMAÇÃO E CURSOS

Leslie Roman iniciou profissionalmente como Engenheira Civil, atuando principalmente como consultora nas empresas ligadas ao ramo da construção.

No entanto, ao longo de sua carreira profissional percebeu que as pessoas lhe traziam mais de seus temores e angústias do que dos assuntos técnicos que estavam na pauta.

Foi então que percebeu que através da Psicologia seria mais útil para sociedade.

Formou-se em Psicologia e atua na área clínica. Como aluna, recebeu por vários semestres consecutivos o prêmio de mérito acadêmico e foi a formanda laureada.

É psicanalista em formação no Instituto Clínico de Psicanálise de Orientação Lacaniana de Santa Catarina. Neste instituto, participa do Atelier do Autismo, do Núcleo de Pesquisa em Psicanálise Infantil e do Núcleo de Investigação Psicanalítica em Toxicomania e Alcoolismo.

Seu interesse pela saúde mental e dependência química começou desde o início da graduação quando participou de grupos de estudos e pesquisa Recovery, Sofrimento Psíquico e Cidadania. Da participação no grupo, derivaram artigos e posters apresentados em seminários.

Tem experiências em congressos, seminários e cursos principalmente nas áreas de saúde mental, dependência química e suicídio.

Atua em consultório com a abordagem Psicanalítica, atendendo crianças, adultos e idosos.

SOBRE MIM

Olá, você!!!

Permita-me que eu invada um pouco a sua intimidade e lhe pergunte se você é alguém que neste momento sente que precisa de ajuda.

Se sua resposta for positiva, você tem diagnóstico psiquiátrico? Se tiver, não se desespere, aprendi na minha experiência que é possível viver uma vida longe das internações, em pleno exercício de cidadania, dentro de um meio social outrora hostil, com o apoio multidisciplinar da psicoterapia, da psiquiatria e de outras áreas que você escolher.

Caso você não tenha diagnóstico, saiba que não é preciso ter uma doença mental para procurar um psicólogo.

Insatisfação profissional, como a que eu vivi, conflitos familiares, no trabalho, perdas pessoais, traumas podem levar a situações de ansiedade, insônia, angústia, medo, depressão que as vezes parecem não ter saída, mas podem ser superadas com tratamento adequado.

Seja qual for o seu problema, você não precisa ficar só. Procure ajuda profissional, procure um psicólogo. Para mim, será um prazer atender você.

No meu método de trabalho, cada pessoa é única, não existe um protocolo que possa ser seguido que enquadre o sujeito em um roteiro.

É importante ouvir o que o cada um tem a falar sobre si mesmo, sua história pessoal, seu sofrimento. Escutar e acolher, sem julgamento, de forma a ajudar a pessoa a elaborar seus pensamentos, seus sentimentos, seus sonhos sonhados dormindo ou acordado, e que ela possa encontrar no fundo de suas lembranças o que ela nem mesmo sabia que sabia.

Se quer saber mais sobre como podemos caminhar juntos, agende um horário!

Psicóloga Leslie Roman

Quer conhecer mais psicólogos?
Já somos mais de 600.